Helena Ranaldi: saiba como está a Raquel de Mulheres Apaixonadas hoje

Resumo das novelas Logo

Exclusivo! Siga-nos no Google Notícias para receber em primeira mão

Seguir Google News Logo
Helena Ranaldi, a Raquel de Mulheres Apaixonadas (Foto: Reprodução)
Helena Ranaldi, a Raquel de Mulheres Apaixonadas (Foto: Reprodução)

Helena Ranaldi, atualmente no ar interpretando a inesquecível Raquel em Mulheres Apaixonadas, a personagem que enfrenta violência doméstica em seu casamento e até sofre agressões com uma raquete do marido, Marcos (Dan Stulbach), revela sentir saudades da televisão. No entanto, a vida a tem guiado por outros caminhos.

Anúncio

Veja também – Resumo Mulheres Apaixonadas: Capítulos atualizados de 14/11 a 01/12/2023

O trabalho mais recente da atriz em novelas foi em “Em Família,” no ano de 2014, interpretando o papel de Verônica. Desde então, Helena, agora com 57 anos, tem se dedicado intensamente ao teatro.

Anúncio

A atriz encontra-se atualmente em cartaz no Teatro SESI, em São Paulo, com a peça “Cordel do Amor Sem Fim,” texto de Cláudia Barral e dirigido por seu companheiro, Daniel Alvim. O espetáculo obteve tanto êxito que Helena foi convidada a transformá-lo em um longa-metragem. Devido a esses compromissos, o distanciamento da televisão é inevitável.

Saiba como está a atriz atualmente (Foto: Reprodução)
Saiba como está a atriz atualmente (Foto: Reprodução)

“Novela é um projeto mais longo, que dificilmente a gente consegue conciliar com o teatro. Por essa razão eu andei afastada e tenho saudades, sim. Fiz muitas novelas, gostei muito dos trabalhos que fiz, que me desafiaram. O desafio é fundamental para que a gente se sinta vivo dentro da nossa profissão. Vamos ver se aparece um novo convite para a TV!”, afirma a veterana.

Helena Ranaldi destaca as mudanças após a novela Mulheres Apaixonadas

Desde que Mulheres Apaixonadas acabou indo ao ar em 2003, Helena reconhece que muitas mudanças ocorreram. Naquela época, a Lei Maria da Penha ainda não existia (foi criada em 2006), uma legislação que assegura proteção às mulheres vítimas de violência doméstica. A intérprete de Raquel celebra essa nova fase.

Raquel e Marcos na novela Mulheres Apaixonadas (Foto: Reprodução)
Raquel e Marcos na novela Mulheres Apaixonadas (Foto: Reprodução)

“Acho que as mulheres têm conquistado muitas coisas. Elas conseguem atuar em muitas áreas. São piloto de avião, caminhoneiras, estão dentro do exército, na política, estão em lugares que não se costumava ver uma mulher. Acho que existem conquistas importantíssimas mesmo ainda tendo um grande caminho pela frente”, disse.

Atriz volta para a terra natal

O que você precisa saber:

  1. Saudades da televisão: Helena Ranaldi, conhecida por sua interpretação marcante como Raquel em “Mulheres Apaixonadas”, revela sentir saudades da televisão, mas sua vida tem sido direcionada para outros caminhos.
  2. Dedicação ao teatro: Após seu último trabalho em novelas em 2014, Helena, agora aos 57 anos, tem se dedicado intensamente ao teatro. Atualmente, está em cartaz no Teatro SESI, em São Paulo, com a peça “Cordel do Amor Sem Fim”.
  3. Afastamento da TV: Helena reconhece que o teatro e a televisão são projetos difíceis de conciliar. Devido aos compromissos teatrais e a proposta de transformar a peça em um longa-metragem, seu afastamento da televisão é inevitável.
  4. Desafios e saudades: A atriz destaca a importância dos desafios em sua profissão e expressa saudades dos trabalhos desafiadores que realizou em novelas. Ela aguarda novos convites para a TV.
  5. Mudanças desde a novela: Helena Ranaldi observa as transformações ocorridas desde a exibição de “Mulheres Apaixonadas” em 2003, destacando a criação da Lei Maria da Penha em 2006, um avanço importante na proteção às mulheres vítimas de violência doméstica.
  6. Conquistas femininas: A atriz celebra as conquistas das mulheres em diversas áreas, reconhecendo que embora haja progresso, ainda há um longo caminho pela frente.

Desse modo, depois de residir no Rio de Janeiro por 25 anos, Helena decidiu retornar à sua cidade natal, São Paulo, em 2017. Aliás, ela faz questão de esclarecer sua situação de moradia. Contrariando o que foi noticiado pela imprensa, a atriz não reside em um sítio.

Helena e o marido, Daniel Alvin (Foto: Reprodução)
Helena e o marido, Daniel Alvin (Foto: Reprodução)

“Não herdei sítio dos meus pais e nem moro nele. Eu tenho um sítio comprado por mim. É um lugar que eu venho no fim de semana quando é possível. Ficou pouco lá, mas moro em São Paulo”, garante Helena Ranaldi.

Carreira

Helena Ranaldi é uma renomada atriz brasileira, nascida em São Paulo no dia 24 de maio de 1966. Sua carreira artística é marcada por uma trajetória consistente em diferentes meios de comunicação, incluindo televisão, cinema e teatro.

Helena iniciou sua carreira na televisão na década de 1980, mas foi na década de 1990 que alcançou maior visibilidade. Participou de diversas novelas de sucesso, como “História de Amor” (1995), “Anjo Mau” (1997), e teve um papel marcante como a professora Raquel em “Mulheres Apaixonadas” (2003), onde abordou a difícil temática da violência doméstica.

Além da atuação na TV, Helena também se destacou no cinema, participando de filmes como “Amores Possíveis” (2001) e “Xuxa Abracadabra” (2003). No teatro, ela tem uma presença notável, atuando em peças como “Cordel do Amor Sem Fim,” que também foi adaptada para o cinema.

Helena Ranaldi é conhecida por sua versatilidade como atriz, interpretando personagens de diferentes gêneros e estilos ao longo de sua carreira. Seu talento e dedicação às artes cênicas contribuíram para que se tornasse uma figura respeitada no cenário artístico brasileiro. Além disso, sua participação em trabalhos que abordam questões sociais relevantes demonstra seu comprometimento não apenas com a arte, mas também com a reflexão sobre temas importantes.

Atriz é versátil

A carreira de Helena Ranaldi é marcada pela consistência e versatilidade, consolidando-a como uma das atrizes de destaque no cenário artístico brasileiro. Sua trajetória na televisão é notável, com participações em diversas produções que a tornaram uma presença constante nos lares brasileiros. A interpretação da professora Raquel em “Mulheres Apaixonadas” foi um ponto alto em sua carreira, destacando-se pela abordagem corajosa de temas sensíveis como a violência doméstica.

Além do sucesso na TV, Helena também transitou com êxito pelo cinema, participando de projetos cinematográficos que enriqueceram sua carreira. Seu trabalho no filme “Amores Possíveis” evidencia sua habilidade em se adaptar a diferentes nuances de personagens.

Anúncio

No teatro, Helena Ranaldi, também deixou sua marca, envolvendo-se em produções que demonstram sua paixão pela arte cênica. A peça “Cordel do Amor Sem Fim,” com texto de Cláudia Barral e direção de Daniel Alvim, é um exemplo de sua dedicação ao palco. O sucesso da peça, que resultou no convite para transformá-la em um longa-metragem, atesta não apenas sua competência como atriz, mas também seu impacto no universo teatral.

Post navigation

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Contigo Sim: Mirtes tenta humilhar Ângela e leva um tapão na cara: “Me respeite”

Teresa: Arthur castiga Teresa e eles vão morar na vila: “Pobre de novo não”

Teresa vê Mariano com carro novo, casamento com Aída é anunciado e ela é humilhada: “Perdeu, sua invejosa”

Resumo Direito de Amar Canal Viva: Capítulos de 20/05 a 01/06/2024